terça-feira, 31 de agosto de 2010

Um conselho para a vida

Cuidado com os autobronzeadores. A sério, é muito triste estarem uns 35ºC e nós de mangas compridas...

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Rentrée

Foi o meu primeiro dia de trabalho depois das férias. Deu-me muita vontade de fugir de lá para fora e vir a correr para casa, mas consegui contrariar esse reflexo e aguentar-me. No fundo, não foi o dia de hoje que me custou, mas antes os dias que eu sei que me esperam daqui até ao final do ano, assoberbada de trabalho e sem tempo para nada. Dái-me paciência, Senhor, muita paciência! Ou então um prémio substancial no Euromilhões...

O vestido - take II

A grandessíssima cabra deu-me cabo do vestido. Um vestido novo, por estrear, lindo de morrer e com um corte perfeito. Apertou-o tanto que agora não há quem lá meta o rabo dentro. Odeio-a com todas as minhas forças!

Long story short, paguei o vestido, paguei à costureira para o pôr à minha medida, voltei a pagar porque ela é uma incompetente e não deixou as coisas bem à primeira, e no fim acabei por ficar sem ele. Faz sentido e não me sinto mesmo nada otária.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Vai é sair mais caro

Percebemos que estamos mesmo a ficar crescidas quando passamos a torcer o nariz a praticamente tudo o que é bijuteria e finalmente começamos a dar valor às jóias a sério.

Vês, mãe? Eu bem te disse que mais tarde ou mais cedo ia acabar por acontecer, era só uma questão de paciência.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Tipo Yahoo Answers

Queimei-me por causa de umas estúpidas de umas pipocas que ainda por cima ficaram intragáveis. Para me vingar, comi-as assim mesmo. Haverá registo prévio de alguma morte por ingestão de pipocas estragadas, ou será que ainda tenho aqui uma hipótese de vir a ser citada nos anais da medicina?

2 meses e meio

O fim da minha tortura já tem data marcada! Continuo em remissão, sem sinais da doença, e  no início de Novembro páro com o tratamento. Já ando nisto há tanto tempo, que parece que já nem me lembro da minha vida de antes, sem as picadas, sem os químicos e a toxicidade da medicação, sem as biópsias, sem a febre, sem as dores, sem o cansaço (que não passa, por muito que eu descanse), sem as anemias e mais o resto dos efeitos secundários todos, que me têm deixado de rastos.

Estou na recta final. Que não me faltem as forças agora!

...

Só quem passa por elas é que sabe. A ansiedade, o nó na garganta, os nervos descontrolados... O medo. Será que volto para casa com boas notícias? Será que vou ouvir aquilo que não quero? E isto repete-se a cada exame, a cada consulta.
Dias e dias passados a ler sobre o assunto, a deitar contas às probabilidades que vêm descritas nos manuais e nos artigos científicos, que por melhores que sejam, nunca são suficientes. E as estórias dos outros, que tanto nos enchem de esperança como nos deixam desesperados; a hipervigilância em relação ao nosso corpo, a obsessão por cada pequena dor, por cada sintoma que surja. E o receio de falar deles aos médicos, aquela crença irracional de que quem procura acha, e de que se investigarem vão acabar por encontrar mais alguma coisa.

Há dias em que sou a super-mulher, mas hoje não é um deles. Falamos quando eu voltar.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Já não se fazem teen idols como antigamente

Sábado à noite vi-me arrastada para um concerto de um tal de JP, que eu não conhecia de lado nenhum porque aparentemente é uma das pseudo-estrelas dos Morangos com Açúcar, e só quem tem tipo 15 anos e muito acne é que sabe quem ele é. Anyway, espero que o puto seja bom actor, porque a cantar não se safa.

3D

Estou rendida. Pena que os bilhetes custem praticamente o dobro do preço...

sábado, 21 de agosto de 2010

Bens essenciais para as férias


Carregadinho de músicas. Bem, na verdade não tão carregado assim, que dos 120 Gb de capacidade, eu só tenho 2 Gb ocupados. Mas nisto o que importa é a qualidade, e não a quantidade.


Directamente da minha mesa-de-cabeceira, onde já anda há alguns dias. Estou naquela parte em que a morte resolve enviar cartas com uma semana de antecedência às vítimas. (Isto não conta como spoiler, pois não?) Não é a melhor obra do Saramago, mas ainda assim vale muito a pena.


E como sou fascinada pela Idade Média e toda a gente me diz que eu vou adorar este livro, cá veio ele. Entra em campo quando o anterior se esgotar. A ver vamos se é assim tão bom como dizem.

It's like an animal farm, lots of rural charm in the country*

Quando esta mensagem for publicada, eu já estarei por aqui, a descansar e a assar de tanto calor, com toda a certeza. Pena que a minha conchinha não pôde vir comigo...






*Country House, Blur. Uma das que vai comigo no iPod.

Estar de férias é...

... ter o telemóvel desligado desde Domingo à noite.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Da incompetência (e do facto de eu estar sem roupa para amanhã)

Há quem ande à procura da esteticista ideal, da cabeleireira perfeita, da manicure da sua vida. Eu procuro apenas uma costureira que me faça as bainhas das calças iguais em ambas as pernas e que efectivamente saiba apertar vestidos. Será pedir muito?


Tenho uma festa amanhã. O vestido estava largo, mas a costureira garantiu-me que hoje estaria pronto, daí que não me preocupei muito. Fui buscá-lo, toda contente, e ao chegar a casa... Surpresa! Continuo a parecer um saco de batatas com ele! Só a mim...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

No photos

De férias e sem máquina fotográfica. Por sorte, e por uma questão de dias, ainda estava dentro da garantia. Agora é esperar que a marca não demore muito a resolver o problema...

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Spread some happiness


Este fim-de-semana andei de baloiço, devorei gelados tão grandes que derretiam antes de eu os conseguir comer, fiz compras, conduzi 400 km, quase chorei de cansaço. Mas mais importante que tudo, fiz alguém feliz.

E vocês, já fizeram alguém feliz hoje?

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

A minha sexta-feira 13

Tinha de estar no hospital às 8 da manhã, mas acordei com dores tão fortes que nem me conseguia pôr de pé. Não podia tomar um analgésico, porque supostamente tinha de ir em jejum, pelo que ainda estive assim uma longa e penosa hora, contorcida e combalida, a ganhar forças para sair da cama (mesmo que numa posição muito pouco vertical).
No hospital, fui atendida pela enfermeira mais antipática de Portugal inteiro, que me picou o braço de forma tal, que agora o tenho entre o negro e o roxo-a-atirar-para-o-beringela, praticamente imobilizado. Já ando nestas andanças há algum tempo e digo-vos, há quem seja mais delicado a furar paredes com uma Black & Decker do que aquela mulher a puncionar veias.
Já que comigo é tudo em grande, hoje ainda foi dia de pagar IVA e Segurança Social. Entreguei ao estado dinheiro mais que suficiente para uma semana de férias num destino paradisíaco, mas tudo bem, afinal de contas alguém tem de sustentar os luxos do Governo e os vícios dos que não querem trabalhar.
A cereja no topo do bolo foi a minha máquina fotográfica ter deixado de funcionar. Tantos dias no ano, e a ingrata tinha de ter um chilique justamente no de todos os azares e mais alguns.

Juro que não sou supersticiosa, mas desta vez estou muito contente pelo facto de estarmos a escassos minutos da meia-noite.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Srs. da Zara (e do grupo Inditex, em geral):

Se querem entrar no Guinness World Records, pensem noutra categoria que não a das Etiquetas Mais Compridas de Sempre.*


* Tanto mais que ninguém as lê e toda a gente as arranca antes de estrear as vossas peças.

2 kg

Sim, apesar de passar metade do meu tempo a pensar em comida e a outra metade do tempo a comer, eu ainda acredito que vou conseguir emagrecer durante as férias.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Memorando

Nunca mais comprar vernizes da H&M, por muito apelativa que seja a cor.

Experimentei o Bella's Choice nas unhas dos pés e foi um desastre: demasiado líquido, não arranjei forma de retirar os excessos sem danificar também a cobertura da unha. E isto não aconteceu numa unha ou outra, esporadicamente. Aconteceu em todas!
Ao fim de quase uma hora a tentar, acabei mesmo por me irritar e vir ao natural. O próximo passo será deitá-lo ao lixo, antes que a minha perseverança me ganhe e eu tenha vontade de lhe dar uma segunda oportunidade.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Isto é o quanto eu vos estimo

Deus vos livre e guarde de encontrarem no vosso caminho pessoas com tão mau feitio como o meu.

♥ ♥ ♥

Gosto de pessoas que sabem a diferença entre "de mais" e "demais". Para quem tem dúvidas, é clicar aqui.

Pronto, confesso que a ideia era mostrar que já sei inserir corações e que assim de repente não me lembrei de melhor pretexto.

Smells like the 90's #2

E é por causa de músicas destas que eu tenho uma fixação pelos anos 90.


Pulp - Disco 2000

Let's all meet up in the year 2000
Won't it be strange when we're all fully grown?
Be there at 2 o'clock by the fountain down the road

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

domingo, 8 de agosto de 2010

É o que temos

Tarde de papo para o ar, deitada na relva, à sombra de uma árvore. À noite, francesinha nas Caves da Cerveja, na esplanada, com o Douro em pano de fundo. Como o dia estava a ser bom de mais, lá veio a dor de dentes, e já nem consegui chegar à sobremesa. Hoje cá estive, entre a cama e o sofá, com os anti-inflamatórios e o anestésico local ao lado, a chorar o dinheiro que gastei a desvitalizar um dente que, afinal de contas, me continua a doer.

sábado, 7 de agosto de 2010

Report dos 27

Meia-noite em ponto e já tinha as minhas pessoas a cantarem-me os parabéns. Muitos beijinhos, muitos abraços, muitos mimos, muitos "ah, porque os 27 é que vão ser". Vem o primeiro presente, o da irmã. Manda-me fechar os olhos e quando os abro já lá está um embrulho. Rasgo o papel e... Uma Wii! Nem queria acreditar! Mais beijinhos, mais abraços, "ah, porque tu mereces", "mereço, mas já ficava contente com um simples livro". Depois diz que ainda há mais e lá vem outro embrulho: a Wii Fit para compor a festa! Não há irmã como a minha! Escusado será dizer que estive até às 4 da manhã a experimentar o brinquedo novo.


Como não deu para alterar o compromisso que tinha das 19 às 21, resolvi baldar-me durante o dia. Ainda adiantei algum trabalho a partir de casa, mas foi coisa pouca e fiquei com bastante tempo livre para continuar a testar as potencialidades da Wii. Telefonemas, sms's, amigas que se continuam a lembrar de mim mesmo quando eu não lhes dou a atenção que mereciam. Almoço caprichado e tarde para trocar uns presentinhos que não serviram: o anel personalizado da mãe (estava enorme), os brincos dos pais (gostei, mas vi na ourivesaria uns mais bonitos) e o vestido às bolinhas do El Corte Ingles (apertado).
Pastelaria para buscar o bolo de aniversário. Senhora da pastelaria admiradíssima quando lhe pedi velas para 27 anos. Diz que pareço uma menina e que me dava, no máximo, 18. Não deve ser bem assim, mas a mentirinha caiu bem e serviu para fidelizar a cliente.

Lanche rápido e lá fui eu, rumo ao tal compromisso profissional que não deu para adiar. Saí já tarde, pelo que o jantar, um caril de frango de comer e chorar por mais, foi mesmo em casa. Seguiram-se os Parabéns em torno do bolo, com velas trincadas e desejos pedidos no fim. O Champomy fez as vezes do champagne e no ar a esperança de que para o ano já se possa fazer um brinde com bebidas de gente grande.

Fim de noite a jogar bowling via Wii, muitas gargalhadas à mistura e o coração quentinho, por ver que a minha gente se esforça mesmo por me ver feliz. E isso, às vezes, vale mais do que a própria felicidade.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Obrigada...

... a todas vocês, que me desejaram um feliz aniversário. Valeu, gente!
Assim que puder, conto-vos como correu.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Cantem-me os parabéns assim

Esta é a melhor música de sempre para soprar as velas. A sério, vejam o vídeo (liguem o som) e acompanhem, tipo karaoke. Gargalhadas garantidas.


Happy Birthday
You did not accomplish much
But you didn't die this year
I guess that's good enough

É hoje

Parabéns a mim*, pelos meus 27 Verões!


*E já agora, parabéns à Sam, que também faz hoje anos. Tudo de bom para ela!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Maria Clementina

Não percebo este mediatismo todo à volta dos Maria Clementina. Se é por serem uma banda virtual, só tenho uma coisa a dizer: Gorillaz.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Bah!

No dia dos meus anos trabalho até às 21h. Não é que eu tivesse planeado grandes festejos, mas caramba, sobrevivi a um ano tão complicado que acho que merecia poder ir jantar com as pessoas mais importantes da minha vida, aquelas que se lembram de mim nos outros 364 dias do ano.

Vamos ver se me consigo safar desta...

Huguito

Ando a receber uma visita assídua de Caracas. És tu, meu malandreco?

domingo, 1 de agosto de 2010

Darei mesmo que falar?

A ME, que assina o Scrubs and High Heels, um blog que eu conheço há relativamente pouco tempo mas que já se tornou obrigatório, num rasgo de generosidade, resolveu brindar-me com um selo. Ora eu já deixei cair no esquecimento vários outros que me foram oferecidos (mea culpa e sinceras desculpas às meninas que me escolheram), mas desta vez vou mesmo alinhar na brincadeira.

Regras a cumprir:

1. Mostrar o selo:

2. Escolher 5 pessoas a quem passar o selo.
Há por aí muita gente a merecê-lo, mas o meu critério para hoje é atribuí-lo a pessoas queridas que de vez em quando arranjam um tempinho para vir ler os meus disparates e a quem eu nunca antes prestei a devida homenagem. Assim sendo, vou exceder o limite de nomeações, mas cá vai:


3. Explanar o motivo mais provável para ir parar às bocas do mundo.
Provavelmente, se algum dia vier a acontecer, será pelo meu trabalho, seja ele o trabalho que faço remuneradamente, ou o trabalho que um dia quero vir a fazer de forma voluntária (e quanto a isto não vou entrar em mais explicações, que depois vocês ficam a achar que eu sou boa pessoa, coisa que não é verdade).

Mission accomplished!

Foi assim

Esteve-se muito bem numa esplanada do Cais de Gaia, com a irmã fofinha e a amiga do coração. Houve fofoquices, gargalhadas, colas, 7up's e pastilhas elásticas com sabor a peppermint. À vinda para casa, já de madrugada, passagem pelo McDrive, que isto dos alegres convívios dá fome.
Hoje estou que nem posso, com dores em tudo quanto é músculo e articulação. Estas noitadas, ainda que de rabo alapado, dão cabo de mim.